Criar um Site Grátis Fantástico
Efeito Déjà vu (“já visto”)
Efeito Déjà vu (“já visto”)

 

 

Ver as cenas se repetir e a lógica

 


   

Portfólio da lógica:

 

Cara, essa já aconteceu com você.

Uma coisa que eu achei muito estranho. Acho que o tempo deu um nó. É que repetiu diante de meus olhos e que me lembrei tim tim por tim nos mínimos detalhes.

Parei o carro no semáfaro e uma moça foi atravessando a faixa de pedestre e ela caiu em um buraco que havia no asfalto, um carro que foi passando, viu e achou que ela tinha cido atropelada e parou, o carro dele era amarelo.

e no entanto hoje parei no semáfaro e uma moça foi atravessando na faixa de pedestre e ela caiu em um buraco que havia no asfalto. fiquei abismado com aquela cena, pois achei que estava repetindo e resolvi arriscar.

Olhei pro outro lado e disse só falta o senhor do carro amarelo, Não terminei de falar no sujeito e ele apareceu e parou o carro amarelo no mesmo lugar e veio na nossa direção.

Cara quase que pirei. fiquei sem saber o que estava acontecendo, olhei para todos os lados pra ver se estava acontecendo algo mais, e foi só isso. 

Uma cena sem nada de mais. Aí, de repente, BOOM:

Você olha e sabe que já viu aquilo antes. O gesto do sujeito... Tudo parece “no lugar certo”. Tudo se repete igualzinho aconteceu antes.

Achei muito estranho e resolvi fazer essa pesquisa e descobri que é um Déjà vu (¨Já visto¨) em Francês.

 

corttez.s.a. 

 


A lógica de portfólio:

             É o objetivo de fazer uma reflexão crítica sobre o seu processo acadêmico, visando à melhoria de competências, atitudes ou conhecimentos lógicos. Normalmente é uma coletânea de documentários ligada a um texto seguindo uma lógica reflexiva.


 

A sensação é mágica

Você consegue prever cada “frame” da cena, como se estivesse dentro de um filme a que já assistiu. Está ciente de tudo o que vai acontecer. Presente e futuro se transformam numa coisa só.

 

 Dejá vu é o termo utilizado para indicar quando alguém tem a imprensão de já ter visto algo 

Fonte da aarte: http://www.brasilescola.com/curiosidades/deja-vu.htm

 

Resposta que não deixa de ser um paradoxo:

No fim das contas, a explicação mais bacana continua sendo a da Trinity, de Matrix – o filme que mostra o planeta dominado por máquinas que mantêm os humanos presos numa realidade virtual (a Matrix). Numa das cenas, o herói (Neo) olha para um gato preto e diz: sente que já viu o bichano antes e diz:

 

– Uau, Trinity. Tive um déjà vu...

E ela acaba com o mistério:

 

– Um déjà vu é uma falha da Matrix, Neo. Acontece quando estão consertando alguma coisa...

 

Fonte: http://super.abril.com.br/ciencia/deja-vu-447450.shtml

 


 

 

 Musa do filme déjà vu

 

Explicação científica

 

O cérebro possui vários tipos de memória, como a memória imediata, responsável, por exemplo, pela capacidade de repetir imediatamente um número de telefone que é dito, e logo em seguida esquecê-los; a memória de curto prazo, que é aquela que dura algumas horas ou dias, mas que pode ser consolidada; e a memória de longo prazo, que dura meses ou até anos, exemplificada pelo aprendizado de uma língua 

 

O déjà vu acontece quando tem uma falha no cérebro, os fatos que estão acontecendo são armazenados diretamente na memória de longo ou médio prazo, sem passar pela memória imediata. Isso nos dá a sensação que o fato já ocorreu

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Déjà_vu